Buscar:   

Jim Thompson’s House – Tailândia

Imprimir

Esta magnífica casa construída à beira de um canal pertenceu à Jim Thompson, famoso empresário norte americano e um dos principais responsáveis pela popularidade da seda tailandesa mundo afora.
Jim Thompson nasceu em Delaware em 1906, trabalhou como arquiteto em Nova York e durante a Segunda Guerra Mundial trabalhou para o Office of Strategic Services, órgão precursor à CIA. Depois que a guerra acabou ele voltou à Nova York, mas achando a cidade muito mansa acabou se mudando para Bangkok. A seda tailandesa chamou sua atenção e ele resolveu enviar amostras do produto para ateliês de alta costura em Milão, Londres e Paris. Com o tempo formou uma importante clientela para um produto que estava quase desaparecendo.
Jim Thompson foi um grande promotor das artes e da cultura tailandesa. Para construir sua casa em Bangkok ele reuniu vários pedaços de casas abandonadas na região central da Tailândia. Mas o mais curioso foi que ele usou as paredes ao contrário, colocando a parte de fora virada para dentro.
Em 1967, durante uma caminhada em Cameron Highlands no oeste da Malásia, Jim Thompson desapareceu e nunca mais foi encontrado. Neste mesmo ano sua irmã foi assassinada nos Estados Unidos. Existem muitas hipóteses para a sua morte, ele poderia ter sido morto por espiões comunistas ou por rivais dos negócios, também poderia ter sido comido por tigres. A teoria mais recente indica que ele teria sido atropelado por um caminhoneiro e que este teria escondido seu corpo.
Na parte principal da sua casa em Bangkok podem ser vistos seus pertences e sua coleção de obras de arte. A casa é muito charmosa e os jardins são lindos.
A casa é aberta todos os dias das 9h as 17h. As visitas são guiadas e levam meia hora. O ingresso custa 100 Baht.
Para entrar na casa é necessário tirar os calçados. Não é permitido o uso de câmera fotográfica e filmadora nas áreas internas da casa.
Dentro da propriedade tem um restaurante tailandês muito saboroso.

A Jim Thompson’s House fica próxima à Siam Square.

Fontes: Lonely Planet – Tailândia e www.jimthompsonhouse.com


Fotos