Buscar:   

Guia de alimentação

Imprimir

Um guia para manter uma dieta saudável durante as festas de fim de ano.

Você está preparada para aproveitar todas as festas desta época do ano sem exagerar nas calorias consumidas? Neste guia você encontrará estratégias simples para saborear as gostosuras servidas nas festas de fim de ano sem perder o controle e o bom humor.

Seu medo: “Estou condenada a ganhar peso.”
Se você se convencer de que irá ganhar alguns quilos, você irá se desanimar, se estressar e vai acabar comendo por compulsão. Um estudo mostra que os americanos engordam em média 450 gramas durante as festas de fim de ano. Então relaxe e aproveite as gostosuras das festas. Crie um plano de ação para controlar a ansiedade. Estabeleça uma regra fácil de ser seguida e cumprida, por exemplo: determine que poderá consumir 150 calorias a mais por dia ou que acrescentará 10 minutos na caminhada diária.

Seu medo: “Eu como demais durante as festas.”
As delícias servidas nas festas de fim de ano são mesmo uma tentação e podem nos fazer comer muito além do que devemos. Mas a obsessão por cada mordida também pode estragar a sua festa. Pergunte-se como você quer se sentir no dia seguinte: estufada e culpada ou orgulhosa e saudável? Coloque seu relógio no braço contrário do que você costuma usar, isto funcionará como um lembrete visual do seu objetivo e automaticamente você comerá menos.

Seu medo: “Eu não resisto à sobremesa.”
Se dê a permissão de saborear sem culpa aquelas gostosuras que são servidas somente nesta época do ano, um delicioso pedaço de panettone, ou aquela torta tradicional que sua mãe faz para comemorar o ano novo. Só não deixe que 300 calorias extras se transformem em 3.000! Saboreie, aproveite aquele pedaço do seu bolo preferido e depois volte a comer saudavelmente.

Seu medo: “Eu vou comer as sobras por dias e dias seguidos.”
É inegável, as sobras das ceias de natal e ano novo são deliciosas no dia seguinte, e todo mundo come. Junte este fato à corrida para terminar a comida antes que ela estrague e acabe indo para o lixo e você terá um receita para o desastre. A solução? Refrigere comida suficiente para preparar uns sanduíches no dia seguinte, distribua o restante para os convidados e se ainda sobrar alguma coisa, embale bem e congele.

Seu medo: “Eu não consigo dizer não para a minha avó.”
As festas de fim de ano se tornam momentos de realização para aquelas tias e avós que adoram ficar “empurrando” seus quitutes nos convidados. É claro que elas não fazem por mal, mas se você não souber dizer não, a sua dieta saudável correrá perigo. Se você for educada a sua tia logo esquecerá e oferecerá à outra pessoa. Diga algo assim: a sobremesa parece deliciosa mas estou satisfeita ou vou provar apenas um pedacinho.

Seu medo: “Eu tenho que aproveitar para abusar agora.”
Uma das suas resoluções de fim de ano é começar uma dieta no dia primeiro de Janeiro? Saber que haverá uma restrição alimentar num futuro próximo encoraja você a comer compulsivamente. Você vai enlouquecer comendo comidas gordurosas e todos os doces possíveis porque sabe que logo terá que abrir mão deles. Uma maneira mais inteligente de ver a situação: comprometa-se com você mesma a ter um fim de ano equilibrado, sem exageros e sem culpa, mas com bom senso e com prazer e veja um 2010 como uma nova fase, uma fase de paz, de sossego, onde você poderá planejar refeições saudáveis e melhorar sua qualidade de vida. Assim você ficará menos tentado hoje e consequentemente não terá de começar o ano perdendo os 2 ou 3 quilos “conquistados” durante as festas de fim de ano.

Texto baseado no artigo “relax and dig in” de Andrea Bartz.

Fonte:www.self.com

Fotos