Buscar:   

Técnicas de relaxamento

Imprimir


No corre corre do dia a dia, as horas passam, os dias passam, a vida passa e a gente não se dá conta. Nesse ritmo maluco, a gente pensa em cumprir todos os compromissos e esquece do compromisso maior que é o cuidado com o nosso corpo e a nossa alma. Veja no texto a seguir, do Dr. Luis César Pola Lima, especialista em acupuntura, como com apenas 10 minutos, 2 vezes ao dia podemos mudar esse ritmo e a qualidade de vida.


"Ensinar e aprender o relaxamento".


Todo o organismo está envolvido na respiração. Os músculos respiratórios precisam exercitar-se para trabalhar plenamente. A respiração plena baseia-se no contato com os outros e consigo mesmo, o que resulta em um relaxamento.  Portanto, a qualidade de vida baseia-se na respiração, num ciclo de interdependência entre o oxigênio e os movimentos respiratórios.

O ato de relaxar, consequentemente, nos leva ao ato de meditar, abrindo as portas para o autoconhecimento e a lucidez da mente, das sensações, dos sentidos e dos sentimentos. O relaxamento pode ser considerado somático (do corpo), cognitivo (da mente) ou ambos intrinsecamente.

Na medicina tradicional chinesa, alicerçada principalmente na acupuntura e exercícios respiratórios, encontramos os princípios de um bom relaxamento. Apresento abaixo duas técnicas na qual você poderá realizar na sua própria casa ou em um calmo ambiente.

Técnica 1 - Pra começo de conversa: A respiração
a- Deitado de costas, relaxe braços, pernas, feche os olhos.
b- Respire pelo nariz, calma, regular, continuadamente.
c- Para conseguir entrar no estado de quietude ao inspirar mentalize a ação de "silenciar" e ao expirar mentalize a ação de "relaxar".
d- Relaxe conscientemente, cabeça, os braços, o peito, abdômen, as costas, a cintura, as pernas e finalmente os pés.
e- Depois começa a pensar em relaxar seus órgãos internos
Recomendação: 10 minutos 2x ao dia

Técnica 2 - Faça você mesmo

a- Fique em pé, ombros relaxados, braços ao longo do corpo, cotovelos descontraídos, dedos das mãos levemente curvados.
b- imagine que sustenta um objeto leve sobre a cabeça, os olhos semi-fechados.
c- concentre-se numa linha subindo de um ponto (2 dedos) abaixo do umbigo até o centro do tórax (coração).
d- levante lentamente os braços para frente com as palmas das mãos para baixo, mantenha a atenção nas palmas e inale lentamente.
e- quando os braços estiverem na altura dos ombros, flexiona lentamente os joelhos e exale lentamente.
f-assim, levantando, abaixando, inalando e exalando.
Recomendação: 10 minutos 2x ao dia


Para relaxar:
"Aquele que é mestre na arte de viver faz pouca distinção entre seu trabalho e seu tempo livre, entre a sua mente e o seu corpo, entre sua educação e sua recreação, entre seu amor e sua religião".


Paz e bem!

Dr. Luis Cesar Pola Lima
Médico/Clínico
Especialista em Acupuntura
Membro do Colégio Médico de Acupuntura

Correção: Antonia Pereira


Fotos